quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Biotipo Plus Size: Corpo triângulo invertido

O corpo chamado triângulo invertido, biotipo cheio de exemplos de mulheres lindas como Cameron Diaz, Fernanda Lima ou Priscila Fantin se caracteriza pelas medidas dos ombros mais largos que a cintura e quadril. Sempre na busca de equilibrar e valorizar a silhueta, quem tem esse tipo de corpo deve evidenciar a parte superior e central do corpo com acessórios, peças geométricas e tons neutros.


Investir em vestidos e saias com babados e recortes geométricos valoriza o visual. Detalhes como correntes e zíperes na região do quadril também ajudam a equilibrar a silhueta. Quando usar calças, atentar-se aos comprimentos e modelagens, elas fazem toda a diferença! Suavizar os ombros com blusas em tons neutros e decote V são ótimas opções.

O ideal é chamar atenção para a parte superior do corpo, mas fugir das mangas volumosas, ombreiras e listras horizontais. Na parte inferior, esquive-se de cores, estampas, volumes e texturas. As saias evasê, rodada, reta e minissaia são todas bem vindas. Os detalhes que mais valorizam devem estar no centro do corpo: invista em lenços e colares compridos. Correntes e zíperes na região do quadril também ajudam a equilibrar a silhueta. 

A Elegance Plus Size valoriza a beleza real das mulheres que vestem manequim de 42 a 56, respeitando suas proporções e inserindo-as na moda, que é de todos. As peças Elegance podem ser encontradas em lojas multimarcas por todo o Brasil.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Biotipo Plus Size: Corpo triângulo ou pêra

O corpo chamado triângulo ou pêra, muito comum entre as mulheres brasileiras, tem as medidas dos ombros e cintura mais estreitas do que as do quadril. Pensando em equilibrar o volume e valorizar a silhueta, é preciso evidenciar a parte superior do corpo com muitas cores, estampas, volumes e texturas. 


A mulher com esse biotipo deve investir em decotes ou golas com detalhes. Listras horizontais também ajudam no equilíbrio do visual. Para os braços, aposte em mangas volumosas, franjas, brilhos e estampas. Colares e brincos também ajudam a trazer mais atenção para a parte de cima do corpo. 

Na parte inferior, a aposta ideal são os tons neutros, sem tantas informações como bolsos e aviamentos. Os detalhes que mais valorizam devem estar nas barras das calças ou nos sapatos. Evite chamar atenção para o quadril com jeans de lavação mais clara, zíperes horizontais, texturas e estampas. Casacos, jaquetas e blusas que terminam na região do quadril também não são indicados. 

A Elegance Plus Size valoriza a beleza real das mulheres que vestem manequim de 42 a 56, respeitando suas proporções e inserindo-as na moda, que é de todos. As peças Elegance podem ser encontradas em lojas multimarcas por todo o Brasil.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Está na hora de parar!

DESABAFO

Nunca pensei que chegaria a esse pensamento. Na verdade, nunca liguei para isso. Mas, chega um momento da sua vida que você meio que é obrigado a levar a mão na consciência e ver que realmente chegou a hora.

Sempre fui daquelas pessoas que nunca foram bitoladas no quesito DIETA. Para mim, esse negócio de contar calorias, fazer tabela de alimentos, contabilizar pontos, academia, comida fitness, e etc, era coisa de gente maluca por ser magra. Meu lema é "Comer sem Culpa". Tem algo melhor que isso na vida?

Coma o que você sente vontade, mas é claro, sempre respeitando seus limites! Não vai sair por ai comendo tudo o que vê pela frente e depois ter um problema estomacal ou passar mal de tanto comer.

Enquanto seu metabolismo funciona legal, você come, come, come e não engorda uma grama. Eu, por mais que não pareça, tenho 27 anos! Chegando perto dos 30, o nosso organismo não é mais o mesmo, e começa a ficar lento, metabolizando os alimentos de forma mais difícil, prejudicando o funcionamento dele, aumentando nosso peso e nos deixando malucas.

Sou uma pessoa ansiosa, e somente agora, percebi que isso está me prejudicando. Nunca fui compulsiva por comer, ou sentir fome o dia todo e vontade de comer tudo, como se não houvesse amanhã. Mas, de uns meses para cá, notei que minha fome se elevou, minha ansiedade também, voltei a roer unha e a ficar inquieta, e assim, engordei 4 kilos em duas semanas. Não sei se isso é bom ou ruim, pouco ou muito, a questão é que para mim, isso foi o ápice de colocar a mão na consciência e determinar que está na hora de parar de ser relaxada.

Estou stressada, cansada, com a cabeça cheia e isso com certeza contribuiu para o aumento da minha ansiedade. A ansiedade que sinto não é algo que se aproxima de depressão, não! Ela é daquelas de sofrimento por antecipação, quero que o dia chegue logo para que eu possa resolver logo, pagar minhas contas, passear, fazer provas da faculdade, apresentar trabalhos, etc. Sofro por antecipação! Enquanto algo não acontece, não durmo direito, e fico pensando nisso muito e muito.

Mas, chegando a conclusão de que preciso me organizar em relação à minha vida, estou fazendo ajustes para chegar ao meu objetivo. Quero perder pelo menos 8 kilos nos próximos meses. Não vou estabelecer prazo, mesmo porque não vou me sacrificar como muitos fazem. Farei aos poucos, no meu ritmo, devagar e sempre.

Diminui a alimentação e as besteiras, estou comendo mais saladas, bebendo mais água diariamente e usando o aplicativo Nike+ Training Club, que notei que está me ajudando! Pretendo me inscrever na academia durante as férias da faculdade pelo menos para manter o ritmo e incentivar ainda mais.

Vou colocando minhas conquistas aqui! Obrigada por acompanhar!