sábado, 29 de outubro de 2011

10 Dicas sobre Clareamento Dental



  1. O clareamento dental é contraindicado para gestantes, mulheres que estão amamentando, ou mesmo para quem sofre de retração severa de gengiva – quando a raiz chega a ficar exposta;
  2. Próteses de porcelana ou mesmo resinas empregadas na restauração dos dentes não sofrem ação de clareamento. Dependendo do caso, consulte um especialista para encontrar a melhor opção de tratamento estético;
  3. Apesar de haver métodos caseiros de clareamento, como o uso de bicarbonato de sódio, vinagre e pasta de morango, entre outros, eles são altamente contraindicados por serem abrasivos e químicos. Além disso, os resultados temporários se devem à remoção da camada superficial do esmalte;
  4. Cremes dentais com promessas de clarear os dentes contém pequenas concentrações do ativo clareador. Seu efeito é mais abrasivo, removendo manchas superficiais e contribuindo com a manutenção do tratamento odontológico;
  5. Uma vez realizado o clareamento, evite alimentos que podem contribuir para que os dentes voltem a escurecer: café, chá preto, chocolate, vinho tinto, refrigerantes à base de cola, ketchup, molho de tomate etc.;
  6. Quem respira pela boca não deve prosseguir com o clareamento dos dentes sem tratar também o problema de base. Pessoas com dificuldades respiratórias geralmente têm a boca mais seca e os dentes mais manchados;
  7. Necrose nos dentes, causada por quedas ou traumas, também costuma escurecer o sorriso ­ já que os dentes resistem mais ao clareamento, podendo comprometer o resultado final;
  8. A perfeita higiene diária dos dentes desempenha papel fundamental na manutenção do sorriso. Portanto, é sempre bom lembrar de escovar os dentes logo após as principais refeições e antes de dormir. O uso de fio ou fita dental também é altamente recomendável para eliminar sujeiras de difícil alcance pela escovação;
  9. Os efeitos do clareamento dental podem ser mais ou menos duradouros em função dos hábitos pessoais. Em média, os resultados podem ser observados por até cinco anos;
  10. Valorizar a saúde bucal e visitar o dentista regularmente também contribui para preservar os dentes branquinhos por mais tempo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário