quarta-feira, 23 de maio de 2012

Fotodepilação: Prós e Contras

A fotodepilação é conhecida por ser menos agressiva dos métodos que são baseados em luz pulsada pois essa técnica é realizada com um tipo de luz menos intensa do que o laser.

Porém, esse procedimento não é tão eficaz quanto o laser, porque o laser age diretamente no folículo do pêlo, sendo mais eficiente.

As contra indicações do tratamento são: grávidas, lactantes, pessoas com problemas de pele como lúpus e vitiligo.

Prós do tratamento

Por ser um tratamento onde a dor é menor e sente-se uma pequena fisgada, para quem não quer ter esse incômodo é a melhor opção.

O intervalo entre cada sessão é de 40 dias, mais ou menos. Nesse tratamento, em 80% das melheres que o fizeram tiveram os pêlos diminuídos ou eliminados. Após o término do tratamento, recomenda-se manutenção entre 6 meses e 1 ano.

Contras do tratamento

O método é indicado a pessoas com a pele clara e pêlos escuros, pois ele age na concentração de luz na melanina. Em pessoas de pele escura, pode ocasionar manchas claras. Já em pessoas de pêlos escuros, o resultado não será satisfatório pois muitos pêlos não cairão.

O efeito é prolongado, mas para começar a obter resultado, somente após a 6° sessão. Já no tratamento a laser, já se vê resultado na primeira sessão.

2 comentários:

  1. Não concordo! Estou fazendo minha fotodepilação, fiz apenas uma sessão até agora e já tenho lugares onde não nascem pelos! E olha que não sou das mais fáceis, visto que tinha muitos pelos encravados pelo corpo inteiro e pelos grossos na virilha! Além de ter esse resultado IMEDIATO sim, o preço é muito mais baixo que o de laser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, isso depende da região onde o pêlo cresce, a espessura do mesmo. Se as depilações anteriores foram feitas com cera, o bulbo do pêlo pode estar mais fraco, proporcionando a eliminação total dele sem tantas sessões de fotodepilação.
      Obrigada pela visita!

      Excluir