quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Conheça tratamentos estéticos para eliminar gordura localizada

O verão está aí, ou pelo menos estamos em seu término, e o que todo mundo quer mais é curtir uma praia e pegar um bronzeado. Porém, algumas pessoas se privam desse momento devido à condição física.

Se você está um pouco acima do peso, não fez um planejamento prévio e quer eliminar gordurinhas indesejadas de forma rápida, sem muito esforço físico e ao mesmo tempo fugindo dos suplementos alimentares, descubra agora alguns tratamentos estéticos que podem te ajudar a conseguir curtir o verão sem ficar preocupado com a condição física.



Ultrassom

Esta técnica ajuda a queimar alguns quilinhos, pois emite ondas sonoras que geram vibrações nos tecidos subcutâneos.

Essas vibrações fazem com que a circulação local seja estimulada, alterando assim, a permeabilidade das células de gordura. Com isso, essa gordura vai ser reabsorvida e eliminada pelo organismo.


Lipocavitação

A lipocavitação é um ultrassom que produz ondas de baixa frequência que, como diz o nome, provocam cavitações, ou seja, cavidades dentro das células de gordura. Isso provoca o rompimento das células de gordura, que são eliminadas pelo sistema linfático.

O tratamento é contraindicado para gestantes, para quem tem diabetes, alterações nos rins ou fígado, doenças cardíacas, tromboses, alterações importantes de colesterol ou triglicérides, histórico de tromboembolismo, próteses metálicas, febre, dermatites, entre outros.

Endermologia


Esta técnica faz uma espécie de sucção do tecido tratado, rompendo células de gordura ou provocando o seu remodelamento. Ela também destrói as fibras endurecidas que caracterizam os nódulos de celulite em grau avançado. Esse estímulo também auxilia na drenagem de líquidos do corpo.

A técnica trabalha mais no remodelamento das células de gordura do que na sua destruição. Também é indicada para tratar celulite, gordura localizada, tonificação muscular, contornos da silhueta e intervenção pós-cirúrgica.

Intradermoterapia

A intradermoterapia pode ajudar no tratamento de gordura localizada, mas não deve ser feita sozinha, ou seja: ela precisa ser acompanhada de outros tratamentos. Isso se torna necessário pelo fato da intradermoterapia não ter muita influência nos resultados caso seja feita sem o auxilio de outra técnica.

Ela é feita através de injeções com substâncias lipolíticas, que promovem a quebra da gordura, aplicadas com pequenas agulhas em múltiplos pontos na área de tratamento. Como contraindicações temos: alergias aos medicamentos usados, tumores locais, lesões na pele, infecções locais e gestação.

Radiofrequência

Além de reduzir a gordura localizada, este tratamento estético também contribui para a renovação das fibras de colágeno no local, melhorando a flacidez de pele. Indica-se uma sessão semanal para o corpo e para o rosto, uma sessão a cada duas ou três semanas.

Acupuntura


Muito conhecida entre pessoas que buscam uma maior sensação de relaxamento corporal, a acupuntura também é benéfica em termos de estética.

Este tratamento funciona de forma diferente do uso que estamos acostumados a ouvir falar. Ao invés de somente ser injetadas agulhas em pontos estratégicos do corpo, essas agulhas são ligadas a um aparelho de corrente elétrica. Assim a musculatura passa a trabalhar de forma mais intensa, fazendo com que a gordura localizada seja queimada.

O que vocês acharam das dicas?

OBS: Este não é um post pago

Nenhum comentário:

Postar um comentário