quinta-feira, 24 de abril de 2014

Depressão: Transtorno atinge mais de 350 milhões no mundo inteiro

A depressão é um distúrbio que se inicia a partir de um sofrimento, onde o indivíduo normalmente sofre de humor deprimido, perda de interesse e prazer e baixa energia levando a um grande cansaço e atividade reduzida. São diversas as situações que levam ao transtorno depressivo, como histórico familiar, passar por acontecimentos como perdas, luto e estresse, ter vivido experiências de fracasso na vida ou ainda pessoas que tem pouco convívio social.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o transtorno atinge cerca de 350 milhões de pessoas no mundo, sendo as mulheres mais propensas que os homens. O número de mulheres afetadas pela depressão é cerca de 50% mais alto que o dos homens, isso porque as mulheres também sofrem de depressão pós-parto, que afeta até uma mãe em cada cinco.

"A depressão é uma doença e é fundamental o acompanhamento de um especialista para o diagnóstico. O depressivo pode mudar a maneira alegre e sociável de ser, tornando-se uma pessoa irritável, impaciente ou retraída", afirma a psicóloga-clínica Andrea Lorena.

Veja abaixo os principais sintomas da Depressão:

* Alterações do apetite e do sono
* Sentimento de fracasso
* Dificuldade de tomar decisões
* Irritabilidade ou impaciência
* Achar que não vale a pena viver
* Chorar sem motivos
* Dificuldade de concentração
* Perda de energia e interesse
* Sensação de quem nunca vai melhorar
* Dificuldade de terminar as tarefas
* Sentimento de pena de si mesmo
* Pensamentos negativos e de culpa sem justificativa
* Perda do desejo sexual
* Concentração e atenção reduzidas
* Redução da auto-estima e autoconfiança
* Ideias de culpa e inutilidade
* Visões desoladas e pessimistas do futuro
* Ideias ou tentativas de suicídio e atos autolesivos
* Sono perturbado e apetite diminuído


"Reforçamos sempre a importância de tratar a depressão, principalmente pelo fato de ser uma doença que pode levar ao suicídio. Portanto, a família e os amigos devem estar sempre atentos aos sintomas e encaminhar imediatamente para um especialista", completa a psicóloga.

De acordo com Andrea, o tratamento pode ser realizado através da terapia cognitiva comportamental, que ajuda as pessoas a corrigirem o padrão de pensamentos negativos e a se adaptarem melhor ao mundo à sua volta. "Em casos mais graves, o paciente é encaminhado para um psiquiatra, onde haverá prescrição de medicamentos", finaliza a psicóloga.

Depressão é um transtorno muito preocupante e sério. Se você conhece alguém que apresentou algum desses sintomas, procure ajudar, ao invés de criticar ou julgar. As vezes, o que a pessoa precisa é somente de um empurrão para buscar ajuda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário